informativos

VIOLÊNCIAS QUE A MULHER DEVE DENUNCIAR

No Brasil do século XXI, a violência ainda atinge dois milhões de mulheres por ano. Uma brasileira a cada 15 segundos sofre com o terror doméstico. A todos cumpre mudar essa situação, que afronta não só o Estado, mas compromete o sentimento de justiça e dignidade do país.

A Lei Maria da Penha é, efetivamente, um apoio na luta por um Brasil melhor, mais digno e mais justo para as nossas mulheres.

É a partir dela que passa a existir um sistema de políticas públicas direcionado às mulheres. Isto somente é possível devido à união de esforços de diversos órgãos da administração pública federal e estadual, do poder judiciário e legislativo, dos Ministérios Públicos e Estaduais e Defensorias Públicas. Todos eles articulados entre si comprovam que a violência doméstica, como fenômeno multidimensional que é, requer soluções igualmente complexas.

Mulheres merecem respeito e dignidade! São trabalhadoras, mães, esposas, filhas, companheiras, donas de casa, e tantas outras funções que na vida moderna acumulam. A brutalidade, a ignorância, violência e opressão não cabem nesse cenário de emancipação feminina.

A violência contra a mulher é, também, um problema de saúde pública.

Para denunciar e buscar ajuda a vítimas de violência contra mulheres ligue 180.

COMPARTILHAR O POST